CÂMARA MUNICIPAL DE REGENTE FEIJÓ
FECHAR

A Cidade


Regente Feijó é um município brasileiro do estado de São Paulo. O município é formado pela sede e pelo distrito de Espigão.

A história do município paulista de Regente Feijó está intimamente ligada à Estrada de Ferro Sorocabana, que inaugurou sua estação em Memória (nome primitivo do lugar, em alusão ao ribeirão Memória) em 1919, e possui como principais fundadores: Capitão Francisco Witaker, Augusto Vieira, Antônio Vieira e Joaquim Lúcio Fortunato.

A fundação do município deu-se em 1922 (96–97 anos) quando a Companhia São Paulo-Mato Grosso, com a liderança de Francisco Witaker, separou uma gleba de 10 alqueires, dividiu-as e vendeu-as, formando o Patrimônio Memória, justamente onde localizava-se um pouso de descanso e alimentação para peões e boiadas transportadas do Mato Grosso. Em 1925, o vilarejo, que até então possuía 30 casas, foi elevado a Distrito de Paz de Presidente Prudente. A emancipação político-administrativa deu-se em 28 de junho de 1935 por decreto do então governador Armando de Salles Oliveira e o Coronel Augusto César Pires foi nomeado o primeiro prefeito. É assim batizado em homenagem a Diogo Feijó, primeiro regente uno do Império do Brasil.

Após a criação do município de Regente Feijó, houve a incorporação do distrito de Espigão, antiga Mandaguari (1948) ,bairro (patrimônio) São Sebastião ( pito aceso) e os desmembramentos dos seguintes distritos que obtiveram emancipação política: Martinópolis, antiga José Teodoro (1938); Indiana (1948); Caiabu (1953) e Taciba, antiga Formiga (1953).
Fonte:  https://pt.wikipedia.org/wiki/Regente_Feij%C3%B3_(S%C3%A3o_Paulo)

Compartilhe: